Angústia

junho 1, 2017

Ás vezes, espero a morte com uma ponta de esperança de, finalmente, saber o que vai no mundo.

Na maior parte do tempo, aceito a falta de compreensão.  Vivo.


%d blogueiros gostam disto: