Dias difíceis

janeiro 15, 2014

Marcio Pimenta - Soul Rock café

Dias em que erro todas as receitas de bolo e que a chuva não aplaca a angústia.
Dias em que ficar em casa é solitário e sair de casa um esforço grande demais para ser tentado.
Dias em que os livros não distraem e a música não alegra.
Dias em que andar na rua é um perigo e a casa, minúscula, mais parece um labirinto.
Dias de compromissos adiados e de sensações entorpecidas.
Dias de uma fome sem nome, insaciável, e que faz rejeitar o alimento favorito enquanto a boca procura a esmo outro sabor.
Dias de muito sono e já sem sonhos. Noites de insônia.
Dias sem brigas, sem tréguas, sem paz. Dias de contar corpos em manchetes de jornal de tantos crimes passionais.
Dias de ignorar o horóscopo de boas notícias e apostar no inferno astral.
Dias difíceis estes em que me dou conta de que esqueci de ir embora.

***

Foto: Márcio Pimenta


Que você não esqueça da beleza

janeiro 1, 2014

Desejo que você não esqueça da beleza. Não dessa beleza de capa de revista, não é dessa “beleza” que estou falando.

A beleza que eu desejo que você lembre e a beleza de estar vivo. A beleza de ter um corpo e ser dono dos seus sentidos.

A beleza de sempre ter alguma nova possibilidade esperando que você diga: sim. A beleza de se admirar com tudo isso.

Porque a gente esquece de como é bonito. Desejo que você tenha muitos pretextos para se lembrar.

E que em um dia qualquer, andando pela rua, você cantarole baixinho: “é a vida, é bonita e é bonita“. Para que outras pessoas possam ouvir e lembrar da beleza.


%d blogueiros gostam disto: