“Wonderful” uma palavra para a vida

Acredito ter ouvido, há alguns anos, uma história que muito me tocou, mas que, para lembrar desta, conto apenas com a minha memória. Inicio o texto com esta ressalva porque citarei pessoas reais. De toda forma, mais importante é o que ela representa.

Anos atrás vi uma palestra com a Dra. Julie S. Vargas, filha de Skinner. Era um congresso em que, além das atividades acadêmicas, comemorava-se os 100 anos do nascimento deste grande psicólogo. Na sua apresentação, Dra. Julie contou algumas histórias de seu pai, inclusive as condições de sua morte. Todos sabíamos que Skinner, doente terminal de leucemia, trabalhou em um artigo até o dia anterior a sua morte e, uma semana antes, havia se apresentado na Associação Americana de Psicologia. Nós tínhamos conhecimento dos dados acadêmicos, por assim dizer, o que teria se passado em sua vida pessoal não nos pertencia.

Dra. Julie generosamente contou-nos o que havia se passado. Com emoção, compartilhou a sua última lembrança de seu pai. Segundo ela, pouco antes de morrer ele lhe pediu um copo d’água, bebeu, e depois exclamou: “Wonderful” (maravilhoso).

Skinner morreu aos 86 anos. Depois de tanto vivido, chegou ao final e ainda se encantou com a vida, se encantou com a simplicidade de um copo d’água.

Isso me tocou profundamente. Desde então os meus objetivos de vida são perpassados pelo pensamento de poder chegar ao final e dizer com sinceridade: maravilhoso.

Anúncios

5 Responses to “Wonderful” uma palavra para a vida

  1. Simples e belo post, Maga! Penso que o encantamento pelas coisas simples da vida a fazem menos pesada, e sempre nova.
    Abraços!
    Vivi

  2. Claudinha disse:

    Maravilhoso mesmo é voltar aqui tanto tempo depois e me emocionar com este texto! Devemos viver sempre apaixonados, sempre intensamente e sempre achando maravilhosas as pequenas coisas da vida… Um beijo!

  3. bianca disse:

    Será que é por isto que tu gostas tanto de água?

  4. lisaalves disse:

    Sinceramente eu espero que no final eu ainda encontre palavras belas. “Wonderful”

  5. […] Naquele ano comemorava-se os 100 anos do nascimento de B. F. Skinner (1904-1991), fundador do Behaviorismo Radical, teoria em torno da qual a ABPMC se organiza. A própria filha de Skinner compareceu no evento, Julie S. Vargas, e nos presenteou com algumas de suas histórias. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: