Créditos

Hoje eu queria agradecer a todas as pessoas que me ajudaram.
Não, não vou nomea-las aqui, pois nem eu mesma lembro de todas elas e suas ações anônimas.
As pessoas que me ajudaram são todas aquelas que em algum momento me contemplaram com seus gestos e palavras, mesmo que sua intenção, afinal, não fosse me ajudar. Eu agradeço mesmo assim.
Agradeço pois sei que se não fosse pela ajuda delas eu teria desistido da vida a muito tempo. Isso mesmo. Não sei se você notou, mas viver é muito, muito difícil. Difícil e doloroso quando não temos ajuda.
Agradeço a todas as gentis palavras e a toda paciência. A toda passagem aberta e a qualquer sorriso amigo. Agradeço a mãos dadas, aos ombros oferecidos e aos exemplos que muito me ensinaram. Agradeço as críticas que me fizeram melhorar ou desistir de projetos sem futuro. Agradeço a cada oportunidade e ao trabalho que realizaram e que, no fim, me beneficiou de alguma forma. Agradeço a você que me lê e a você que me entende. Agradeço àqueles que tive oportunidade de ler.
Agradeço a todos aqueles que os bons frutos da sua existência chegaram até mim e me proporcionaram sentir essa imensa gratidão por estar viva que me acompanha pela vida a fora.

Agradeço-os sinceramente.

Obrigada.

5 respostas para Créditos

  1. Talvez seja cretinice da minha parte perguntar isso, não sei, mas…..

    vai fechar o blog? =(

    De qualquer forma, gosto de ver seus textos aqui, embora nem sempre os comente ou dê algum retorno. Se eles não saíre mais aqui, que saiba usar seu estilo em escrita para sua vida. Se vão continuar, que se propaguem pelo vento, porque no ventilador global, já viu, né! Tem muita é m…!!

    Um abraço e um obrigado também a você, que proporciona pequenos momentos de prazer literário / humorístico / poesístico (?) / reflexivo.
    Beijo, Maga!

    • Marcela Ortolan disse:

      Obrigada pelo seu generoso comentário, Alexandre. A minha intenção não era me despedir com este post (se bem que a gente nem sempre sabe ao certo qual será o último, né?) apenas fazer uma pausa para agradecer. Mas eu gosto quando novos significados são decantados de um texto sem pretensão.

      Obrigada novamente é uma alegria tê-lo como leitor.

      • Coincidência ou não, agora lendo sua resposta estava ouvindo “Not going away” do príncipe Ozzy (sim, aquele da p… da escuridão! \m/).
        Acho que ela resume mais ou menos o que disse, hehe.

        Now playing, do mesmo álbum:
        “I don`t wanna stop”.
        (que velhinho incansável….. =P)

        Por sinal, recomendo ambas músicas! Saudações roqueiras, Maga!

  2. Mavi disse:

    Obrigada você!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: