Microcontos

setembro 11, 2007

Cada uma das próximas linhas é um microconto, segundo a definição de microconto do projeto A Casa das Mil Portas. Eles definem o microconto como sendo “uma história em prosa contada em cinqüenta letras ou menos“. Conheci-os por sugestão do Inagaki.

Microcontos

* Entre cetim branco e pinho vi a verdade: morrer é ficar só.

* Beijos fugidos e lágrimas frias: uma linha de amor perdido.

* Pobre e feliz. Sabia: alegria não tem dono. Tomou-a para si.

* Era um, tornou-se três: ele, ela e as cicatrizes.

* Era uma vez um fim de história.

Anúncios

Amigos… sempre eles!

setembro 3, 2007

Amigos são pessoas muito, muito importantes. Tão importantes que chega a ser mesquinho tentar falar o porquê eles são importantes. Cada um sabe o porquê de seus amigos serem importantes para si.
Por isso, hoje eu vou falar de apenas um dos motivos pelos quais os amigos podem ser importantes. Aliás, um motivo que talvez seja até um tanto inusitado para alguns: amigos são importantes por serem uma grande fonte de aprendizagem.
Andei lendo textos autobiográficos de alguns escritores, andei vendo e ouvindo algumas entrevistas de músicos e outros artistas, andei observando cientistas e grupos de pesquisas e percebi que nestas atividades que são aparentemente tão diversas existe pelo menos um fator em comum: eles possuíam ou possuem pelo menos um circulo de amigos com quem conversar sobre a sua área de atuação.
Pode parecer um tanto improvável esta minha conclusão, mas tenho algumas hipóteses para explicar porque ela faz sentido:

Amigos são fontes de informação. Eles vão nos falar daquele livro, emprestar aquele CD, nos ensinar aquele macete, apresentar uma nova área…
Amigos podem te ajudar a amadurecer uma idéia. Eles vão dar palpites, ajudar você a por um pezinho na realidade ou a sonhar ainda mais alto. Vão fazer ligações com outros assuntos, sobre os quais, inicialmente, você nem tinha pensando. Vão por tudo por uma nova perspectiva, enriquecendo o seu trabalho.
Amigos nos fazem ter novas idéias. Quando conversamos somos constantemente desafiados a pensar, confrontados com outros argumentos, somos forçados a ter idéias novas. Além do que, já diz o ditado: “duas cabeças pensam melhor que uma”, para quem trabalha com atividades de criação um amigo pode ser tudo!
Amigos nos mantém interessados em certos assuntos. Ler um livro é uma delicia. Ler um livro e ter com quem discutir é sublime! Talvez desistamos antes do fim de algumas tarefa se não temos ninguém com quem falar sobre o assunto. Amigos são ótimos motivadores!
Amigos são guias. Ajudam-nos a não perder tempo com caminhos infrutíferos que talvez tentássemos se não tivéssemos ninguém para avisar que todos que tentaram ir por ali voltaram sem resultado.
Amigos comemoram as vitórias conosco. Sim, é isso mesmo que você leu: comemorar quando os resultados aparecem também faz parte do processo de aprendizagem! E quem melhor do que amigos para isso?

Claro que ter amigos não exime ninguém de estudar, mas torna esta tarefa muito mais prazerosa e frutífera. Também é preciso estar sempre disposto a ouvir e a compartilhar. E evite se fechar em rodinhas específicas: quanto mais gente para conversar sobre coisas diversas, maior a chance de aprender algo!

Agora, pense bem antes de dizer que não vai dar uma passadinha naquela reunião porque vai ficar em casa estudando…

Trackbacks: Alessandro Martins – Memórias de um jornalista das antigas; Márcio Pimenta – Coração de Estudante BlogBlogs.Com.Br


%d blogueiros gostam disto: