Homo Sapiens Sapiens

O nome científico do homem moderno é Homo Sapiens Sapiens. E isso é muito importante por nos lembrar que somos duplamente sábios… e tão idiotas. Muitos Homo Sapiens Sapiens usam sua sapiência para a ambição, para o egoísmo, para fazer valer a “Lei de Gerson”. E, por isso, a vida anda ruim na aldeia. E por isso eu repito junto com Cazuza “Declare guerra a quem finge te amar, declare guerra! A vida anda ruim na aldeia. Chega de passar a mão na cabeça de quem te sacaneia!”. Lógico que não estou falando em declarar guerra com fuzis ou agressividade. Declare guerra com atitudes cidadãs. Chega de “passar a mão na cabeça” de empresas que não são ecológica e socialmente responsáveis. Chega de “passar a mão na cabeça” do vizinho que não separa lixo e do amigo que joga lixo na rua. Chega de “passar a mão na cabeça” de quem fura a fila.
Seja cidadão, chega de ser avestruz!
Sejamos sábios, afinal, apenas atitudes cidadãs combinam com a nossa tão sabiamente almejada paz!

55 respostas para Homo Sapiens Sapiens

  1. Oi Marcela,

    Acabo de escrever sobre percepção. Como elas são construídas e como isso nos conduz e as nossas atitudes perante a vida cotidiana.

    Seu texto é quase um manifesto. Interessante manifesto por que você percebe a vida que a rodeia e não está satisfeita com ela, por isso propõe a “guerra”, e isso tudo sem precisar que lhe digam que isso está bom ou ruim. Você simplesmente não gosta por suas próprias atitudes e de como você percebe a vida e a sabedoria.

    Beijos!!!!

    Re.: Pois é Márcio, não estou satisfeita com a atitude de “engolir” falta de cidadania dos outros… e gostaria de poder saber onde eu posso melhorar, se algum me avisar onde está faltando cidadania da minha parte também ajuda, né? Afinal, se ninguém falar, a gente talvez nunca descubra que está fazendo errado…🙂 beijos

  2. pedrita disse:

    concordo plenamente. quando falam comigo: ah, mas todo mundo faz. eu digo, bom, pelo menos eu tento ser o mais correta possível e fazer a minha parte. se não pegarmos lápis, papel e borracha do serviço público para os nosso filhos, já estaremos ensinando algo as crianças. isso já é o começo de uma formação de corrupção. mostrar as crianças que o material escolar pode ser surrupiado do serviço público, porque todo mundo faz.

    amiga, corre algo especial entre os blogs. uma lista dos nossos cinco livros de nossas vidas. sim, temos muito mais, mas ter vários blogs indicando 5 livros e isso multiplicando e diversificando é mágico. me indicaram pra fazer a minha lista e está lá. são alguns só, cinco são muito poucos, mas especiais. eu indiquei vc para participar e queria sinceramente conhecer as 5 obras que mais marcaram sua vida. beijos, pedrita

    Re.:Ah, eu sempre faço isso… uma coisa que chama atenção é que sempre usei cinto quando ando no bando de trás dos caros… é comum ouvir muitas piadinhas por conta disso, mas não me importo sei que é o melhor a ser feito. Beijos

  3. Robson disse:

    Pois é.
    Esses dias assisti uma aula de um AC falando sobre práticas sociais. E os ACs têm razão em um aspecto: “não adianta mudar a ‘consciência’, é preciso mudar as contingências”.

    E quem vai mudar, né? Alguns de nós já nos comportamos de forma adequada… o problema está em mudar aqueles que estão em contingências que os conduzem a atos inadequados.

    Temos sempre que lembrar que os homens não são bons nem ruins. Eles são produtores, mas são também produto.

    Beijo.

    Re.: Como é bom ler a opinião de um analista do comportamento! Pois é Robson, acho que a questão de “declarar guerra” com atitudes cidadãs passa pela questão da contingência. Afinal, pessoas que agem como cidadãs primeiro servem como modelo. Segundo, elas vão funcionar como contingência a partir do momento que denunciam, que apontam que está errado, e do momento em que se cria uma comunidade em que pessoas passam a ser reforçadas por contarem que reciclam o lixo, por exemplo. Além disso pessoas com tais atitudes vão fazer pressão para que existam politicas publicas que criem contingências para isso… Ahhh eu queria estar nessa aula!!!! (inveja… ;)) Beijos

  4. Daniela disse:

    Olá.

    Totalmente a favor do BASTA! Mas acho que só atitudes cidadãs não bastam. Acho mesmo que o povo tem que ir pra rua. Gritar. É difícil ser ouvido nesse coral onde todos cantam “individualismo”, “consumismo”, “tudo bem”. Pra isso acontecer tem que gritar. Mas ás atitudes que descreveste são, sem dúvida nenhuma, importantíssimas.

    Re.: Olá Dani, que bom que ganhei uma adepta!🙂 Então, acho que no comentário do Robons – acima – dá para ter uma ideia do que eu quis dizer com o texto (partindo para uma análise mais cientifica da situação) e perceber a extensão de uma “atitude cidadã”. E acredito muito que hoje existem muitas formas de fazer barulho até mais eficientes do que ir para a rua, precisamos encontrar a que melhor se enquadra no nosso tempo e a cada situação. Obrigada pelo comentário, beijos

  5. Mateus! disse:

    Oi Marcela!!
    Achei o texto bem legal e é bem o que eu penso!!
    Parabéns pelo Blog!
    E obrigado pela participação no Londrina2030!
    BJU!

    Re.: Que bom que concordamos, Mateus. Obrigada pela sua visita aqui! Beijo🙂

  6. Claudinha disse:

    Olá Marcela!
    Muito bem, guerra! guerra sem violência,mas com atitudes, com dignidade!
    Sapiência ? Não consigo encontrá-la mais em nós. Beijos!

    Re.: É, uma guerra de cidadania e gentileza, é o que precisamos… e quem sabe se deixar-mos de nos preocupar com pouco, não nos tornaremos mais sábios? Beijos

  7. Maga, a música do Cazuza cai aqui como uma luva. É hora mesmo de declarar essa guerra ética, começando agora, em todos os momentos, inclusive nas menores coisas – a fila, o lixo pela janela do carro – até as maiores: o desrespeito a ecologia, a estupidez empresarial, o descaso dos setores!
    Abraços para ti!

    Re.: É Rafa, essa música do Cazuza me faz pensar já há um tempo sobre isso… acho ela um tanto libertadora neste sentido: nos libera para fazer guerra a quem finje nos amar, para que a vida melhore na aldeia. Beijos

  8. Paulo disse:

    A guerra é no plano sutil; sinto a conexão – um pouco mais gritante – entre “Homo Sapiens Sapiens” e “Gentileza gera gentileza”… tudo mais gera outra coisa ainda, sempre: o exemplo é fino, arma fina.

    O homem reclama da falta de reclamação e esquece da revolução dos detalhes. Os bichos? Todo mundo come e não atenta pra violência do que não incomoda ligeiro e é imperceptível.

    Mas, Marcela, é chato comentar teu texto e acabar escrevendo um novo? hahehehehe

    Parabéns pelo blog eu já te dei e dou de novo!

    Re.: Ah, fique a vontade, Paulo, afinal os comentários são o espaço para vocês, leitores, porem a boca no trambone… não tem problema se o comentário ficar extenso, afinal o que importa é se a mensagem foi passada, né? A questão do vegetarianismo eu considero muito importante, apesar de não ser vegetariana e estar longe disso, é algo sobre o que tenho pensando com uma frequência grande. Obrigada pelo comentário e pelos parabéns! Beijos

  9. catatau disse:

    sabe pq q o homem é ‘homo sapiens sapiens’? Pq um termo anula o outro, hehehehhe

    Re.: hehehehe… boa Catatau! hehehe Pior que faz sentido… beijos

  10. Marcela:

    Gostei da tua plataforma. Se as “pessoas” reclamassem menos e pusessem as responsabilidades societais em si mesmas em vez de esperar milagres, o mundo seria bem melhor.

    Re.: Concordo, Tina! Pena que a minha plataforma não receba muitos votos… acho que a campanha será longa, felizmente tenho pessoas sensíveis me acompanhando! Beijos para ti

  11. Thahy disse:

    Eu tenho uma definição para pessoas como você e eu… hehe: ‘homo sapiens sapiens superious’😉

    E chega de falsa modéstia! Sejamos assertivos sempre😀

    Re.: Adorei, Thahy! Adorei! Beijos

  12. Amanda Luz disse:

    Realmente. Eh o brasileiro-homem-cordial, descrito por Sergio Buarque de Hollanda. Eu odeio dizer “aqui nos EUA eh diferente”, “Primeiro Mundo eh isso, no Brasil eh aquilo”, mas apesar de achar que o Brasil ainda eh o melhor lugar pra se viver, tem coisas que sao inaceitaveis do lado de la…

    Re.: Isso é verdade, Amanda. Engolimos coisas demais… ser cordial é ótimo. Ser tratado como idiota e tratar os outros como idiotas, é burrice. Beijos para ti

  13. ótimo texto, bem pertinente… convidei vc para participar de um jogo, veja lá no meu blog.. beijoss

    Re.: Opa! Obrigada pelo elogio, Célia! Sobre o jogo, eu participei de um parecido a pouco tempo, agradeço o convite, mas acho que já falei bastante sobre o assunto naquele dia… rs Beijos

  14. Rafael disse:

    Senti que você está passando por um momento cidadão; defendeu a gentileza no post anterior e agora clamou por cidadania. Mas estes são pilares pra uma boa sociedade. Do jeito que tá não dá mais pra ficar.

    É horrível ser incomodado até dentro de sua própria casa. Não há mais conforto no Brasil. Só quando vou à Pedra da Cebola, uma reserva aqui de Vitória, me sinto realmente descansado.

    Re.: Sabe, eu também tenho meus momentos de ficar sozinha (alias fico bastante tempo “sozinha”, gosto muito de caminhar em especial em contato com a natureza) e acho que isso tem me ajudado a perceber o que é importante e o que não é. Gentileza e cidadania o são. Pelo jeito você concorda comigo, acho que a Pedra da Cebola tem te feito bem😉 Beijos

  15. Rafael disse:

    Ah…

    daqui a pouco vc recebe um “meme da oração”, semelhante às mensagens de Power Point!
    hauehauheu
    =D

    Re.: hahahahahaha… é comigo. Mas é trágico também. rs Beijos

  16. JuJu disse:

    Para falar a verdade, só no dia em que pararmos de “passar a mão na cabeça” desses descompromissados com a ética e com a vida, é que nós vamos fazer valer o Sapiens repetido de nossa espécie.
    Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

    Re.: Concordo, Juju. Beijos

  17. Edna Moda disse:

    seu blog foi mencionado no blog que indica blogs no tema poesia

    Re.: Obrigada, Edna! É uma honra, ainda mais porque pelo que pude perceber o teu blog tem um sistema de indicação bem interessante, e os comentários são bem feitos. Parabéns! Beijos

  18. Ursula disse:

    Concordo. ótimo post.
    beijos

    Re.: Oba, mais uma pessoa sensível por aqui🙂 Beijos

  19. oi..onde anda vc.?.saudades.. beijo

    Re.: Andei correndo por aqui… pouco tempo, uma dor que não quer passar, e a falta de inspiração que também não queria passar… estou de volta, mas continuo com pouco tempo… beijos

  20. Angelo Horst disse:

    É o “homo sapien demens”, isso sim.
    Valeu pela visita, beijo!

    Re.: Boa, Angelo! Que isso, eu que agradeço a tua passagem por aqui! Beijos

  21. Claudinha disse:

    Oi Maga!
    Minha caçula, quando era pequenina, ao ouvir Homo sapiens, achou que tinha a ver com sapos, animal que ela tem verdadeiro horror. Tem horas que eu acho que a sapiência não significa sabedoria e que ela tinha toda razão.
    Beijo!

    Re.: Dizem que sapos podem virar príncipes… quem sabe, né? Beijos

  22. Gostei, o povo julga a corrupção e avacalhação do país, mas não pensa duas vezes em dar o da cervejinha pro guarda para não levar a multa.
    Abraços

    Re.: É Cássio, isso me deixa triste… e revoltada! Por isso tento melhorar dia-a-dia a minha postura como cidadã… beijos e obrigada pela visita🙂

  23. Edna Moda disse:

    espero que melhore. se cuida. beijos, pedrita

    Re.: Parabéns pelo novo blog, Ped´s! Beijos

  24. gabriel disse:

    Aplausos Maga!
    Vc disse muita coisa que deveríamos ou poderíamos dizer e que perdemos a oportunidade, pq são colegas, parentes etc. Ou nem isso.
    é uma falta de educação pra todo lado. Mas, por vezes, elas nem tem o que fazer, nem dá pra culpar, pois vai saber o tipo de educação ou “modos” que as pessoas que trombamos por aí tem.

    Gostei bastante.
    ótima semana pra vc.

    Re.: É, né? E quem “cala consente”… cansei de ficar quieta… beijos

  25. Djabal disse:

    Não acredito muito nessa definição. Formalmente ela é perfeita. Razoável. O resultado é que são elas. Preferia que fôssemos definidos como Homo Ludens. Mas que a definição fosse mais que uma definição. Fosse uma realidade na maior parte do tempo. O homem brincalhão é uma obra de um holandês genial. Que deve ter morrido triste.
    Parabéns pelo texto e ponderações. Bjs.

    Re.: Obrigada pelos comentários, que sempre deixam transparecer alguém que está muito ligado a cultura! Beijos

  26. fernando disse:

    Muito bom…muito bom mesmo…
    abraços blues….

    Re.: Obrigada, Fernando! Beijos blues…

  27. oiii..onde anda vc??? estou dando um tempo no blog..um dia eu volto.. beijos

    Re.: Mas, volta mesmo, hein? Sem você ai que minha inspiração escaceia de vez… beijos

  28. Marco disse:

    Olá, Marcela.
    Depois de um mês sem computador, eis que o PC foi consertado e volto feliz ao ambiente blogueiro.
    Você está certíssima com seu texto. Coincidentemente, no meu post de retorno também toco na ferida da falta de cidadania.
    Não dá para tolerar quem alivia para quem fala ao celular nos cinemas e teatros; quem larga o carinho no meio dos corredores dos supermercados; de quem joga lixo nas ruas, pelas janelas dos carros; de quem pixa e vandaliza os monumentos públicos.
    Bom final de semana. Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

    Re.: É Marco, são pequenas atitudes que fazem toda a diferença, tanto para o bem quanto para o mal. O jeito é brigar para que sejam as atitudes cidadãs a prevalecer. Beijos

  29. Marcos Rocha disse:

    Hey poetisa, cadê seus textos? Não é pra fazer corpo mole não, quer ler coisas novas tuas!!!!

    Beijo!

    Re.: hehehe… voltei! Beijos

  30. Só para dizer que discordo de você. Não acho que temos o nome “sapiens sapiens” porque sejamos duplamente inteligentes… Para mim, como quem inventou esse nome tem um pequeno vies (participa do grupo nomeado), tá mais para um exemplo de como podemos ser arrogantes.

    O que você acharia de um cara que muda o próprio nome para “João Brilhante”?
    Prazer,
    Carlos

  31. lack silahad disse:

    aff

    pensei q ia ter algo de interessante…

  32. a evoluçao de 6000 a.c foi melhrando a cada dia a tecnologia nao para de evoluir e assim vai que vai e assim que nós vivemos a cada dia

    bjs!!!!!!!!!!!!

  33. vini disse:

    eu quero perguntarse os autralopithecus foram na época dos dinos

  34. aadddoooorei muixo muixo eu estava pesquisando e achei esse comentario

  35. Rayane disse:

    amei muito isso!!!

    conserteza vai me ajudar muito no meu trabalho da escola!!!

  36. leticia lavigne takaqui disse:

    gostei desta ciencia é legal

  37. leticia lavigne takaqui disse:

    issu vai me ajudar na minha prova fazer eu melhorar na escola este projeto é maravilioso……………

  38. debora disse:

    gostei eles divugaram coisas muitos interesantes a respeito do homem sapiens sapiens afinal a nós!!!!!!!
    beijos
    e me ajudou

  39. Débora disse:

    Olá gente, eu acho horrível a ganância humana, pois eu que tenho apenas 13 anos já sei que não devo desrrespeitar o meio ambiente, e faço a minha parte. Então por que adultos não podem fzer a dele ?😀

  40. william disse:

    Oi,por acaso vocês estão falando da vida moderna ou da vida Pré-histórica?Eu concordo com isso que vocês falaram,mas eu entrei no site pra fazer um trabalho e vi que não falava da vida Pré-histórica.Desculpa pelo modo de ter falado,eu concordo com vocês falarem sobre fazer guerra como cidadãos,achei muito bonitas as palavras,muito legal da parte de vocês falarem isso para jovens como nós,muito legal mesmo.Tchau.Bjs!!!

  41. rosimere disse:

    espero q esse texto de homo spiens sapiens me ajude na minha pesquiza!!!

  42. maisa disse:

    é eu tambem concordo com cazuza
    essa pesquisa
    me ajudou muito

  43. matheus santos de noronha disse:

    o texto fico bem legal destaca muito bem sua idéia sobre o assunto contestado.
    que pena que não me ajudou pois eu queria uma coisa mais científica sobre o homo-sapiens-sapiens e não estou conseguindo achar.
    mais o seu texto está bem legal parabéns

    abraços

  44. josefina disse:

    oi marcela, como voce foi capaz de falar que nos somos TAO idiotas, se nos somos a especia mais evoluida do homoem ( homo sapiens sapiens ). fiquei muito triste ao ver esse site tao interessante . Hoje sou lixeiro mais era filosa . perdi meu imprego por fumar caamoconha. Ja falei com o Lula e ja fumeu meus back com o Michael Phelps . Mais hoje eu vii que nos somos muito INTELIGENTES ! ate mais

  45. Bárbara luizaa disse:

    WATH? idiotaas!!!

  46. michele e ana alice disse:

    achei legal so nao sei se isso e real nao tinha o que preucurar e achei isso para a minha materia…

  47. Pedro Juan disse:

    Homem sabe que sabe…
    Tem o conhecimento da dualidade e se erra contra alguém mais de uma vez propositadamente, está cometendo um erro gravíssimo…
    Edão provou do fruto do conhecimento e nos deixou numa enrascada danada! rsrs

  48. awanny disse:

    Isso é muito interessante ,pois nós faz aprender e ficarmos mais interessados com eles pra men já aprende só olhando, eu já prestei a atenção danada, em fim eu mesma eu adorei.OBJ

  49. Tamires disse:

    Muito legal a 5º série, só aprende isso

  50. gadanha disse:

    oi vcs nao sabem faze otra coisa alem disso ,só ciencia deskulpa mais é oq eu penso

  51. eduarda disse:

    q isso q ele ta falando!!!

  52. Ferreira disse:

    Putz! Falem em tese.Deixem a meleca mental fora do cérebro. Pedrita está falando em tese! Será que tem gente que não sabe discutir um assunto academicamente, em tese, precisa fulanizar!? Pedrita, quando alguém fulanizar, não falar em tese, por favor: Não responda! Dá bate boca.

  53. letticia disse:

    não gostei desse site pois não tem nada para estudo !!!!!!!!!!!!!!!!

  54. play option disse:

    play option

    Homo Sapiens Sapiens | Metamorfose Pensante

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: