FILO – O Festival de Todas as Artes

junho 24, 2007

Em época de FILO respiro arte, sinto arte!
Sinto isso, assim, mais que nunca, e pelos olhos expresso as emoções que o palco traz. Chegou a hora em que as palmas ecoam e a cortina desce. Meus olhos coloridos ficaram na iluminação do palco… Quando tudo se apagou e a noite escura fez-se presente, meus olhos voltaram a ser bicolores. Na volta para casa o silêncio do sábado fez parecer maior a solidão dos meus passos na calçada.
O FILO 2007 chegou ao fim lembrando-me que beleza do mundo vai além do espetáculo: ele apenas a revelou por uma nova – e encantadora – face.


%d blogueiros gostam disto: